Skip to content

Atualidades da F1

07/09/2010

Restando apenas 6 corridas para o final da temporada 2010; a F1 começa com algumas mudanças ou afirmações para 2011. A primeira grande mudança, é que a fornecedora de pneus não será mais a japonesa Bridgestone, mas sim a italiana Pirelli, que venceu o “duelo pneumático” contra a Michelin e Cooper/Avon.

Felipe Massa, Ferrari, Spa-Francorchamps, 2010

Pneus a parte; esse ano não teremos a famosa “dança das cadeiras” nas principais equipes, porque já estão garantidas com seus atuais pilotos para 2011. Que pena, seria legal ver algum piloto “dançando” bonito para achar um lugar numa equipe que compense. Mas há por outro lado, algumas cismas de algum piloto ter permanecido em tal equipe ou não. Talvez seja o caso de Massa na Ferrari, depois da terrível injustiça no GP da Alemanha; ou quem sabe Webber com a Red Bull, depois de alguns momentos críticos com a equipe austríaca e com seu companheiro Vettel.

Mas é bom sabe quer alguma equipe pode reconhecer o esforço real de alguém. É o caso da Sauber, que já afirmou que continuará com Kamui Kobayashi para 2011. Kobayashi vem fazendo um bom trabalho na equipe ao longo da temporada; isso superou alguns momentos do início do ano, onde o piloto fez algumas bobagens; mas o japonês é um bom piloto, marcou 21 pontos na temporada até agora e ajudou muito a equipe no desenvolvimento do carro. Bela aposta da Sauber; o outro piloto ainda não foi revelado, será anunciado brevemente segundo a equipe. Será que o de la Rosa dança?

Kamui Kobayashi pilot Sauber

Outra novidade foi revelada pela revista inglesa “Autosport” ontem (terça-feira). A equipe malaia Lotus, está perto de assegurar uma nova fornecedora de motores para o próximo ano, que provavelmente será a Renault. A opção pelos  franceses surgiu quando a Lotus passou a procurar um novo fornecedor de câmbio e o sistema de transmissão para o próximo ano, após a decepção com a confiabilidade dos atuais componentes.

Mas apesar de entusiasmo com a Renault, a Lotus tem um contrato com a Cosworth por mais dois anos; e essa troca resultaria numa eventual quebra de contrato, e a Cosworth afirma que não há motivos para a troca pela Renault. Não há motivos?! É claro que existem! Mas apesar de tudo, todos torcem por uma Lotus-Renault em 2011.

E agora vai uma especial. Direto de Monza, , o diretor esportivo da Ferrari, Stefano Domenicali, comparou o espanhol Fernando Alonso ao heptacampeão mundial, o alemão Michael Schumacher; essa é boa!

Dominicali afirma que os erros do piloto espanhol (como a conversa pelo rádio no  GP da Alemanha) são consequências da vontade de “demonstrar quem é”.  Assim como todo campeão, ele acredita que o valor de Alonso ficará evidente com o tempo e ressaltou a importância do espanhol fortalecer sua relação com Massa. Nada muito além de “uma puxada de saco” para Alonso; que fica evidente a sua preferencia na equipe. E o Massa? Fica de lado assim? Provavelmente.

E vamos ver como vai ficar a F1 daqui para frente; lembrando que nesse final de semana, tem a corrida da Itália em Monza. Etapa decisiva da F1 2010. Até!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: