Skip to content

Grandes Modelos da F1

31/08/2010

Benetton B191

Esse foi o modelo da equipe Benetton na temporada de 1991 da F1; entretanto, só foi usada a partir do GP de San Marino, a 3ª etapa do mundial 1991.  A Benetton crescia e queria se tornar uma equipe de ponta depois de alguns anos já na categoria.
O grande destaque em relação as outras equipes, é que pela primeira vez, um time usou o bico elevado acima da asa dianteira. Embora a Tyrrell usasse algo parecido em 1990, a Benetton deu um “jeitinho”aperfeiçoando a peça e entrando para a história.

E apesar das expectativas para o modelo B191, a Benetton não conseguiu mostrar muito serviço, visto que as protagonistas de 1991 foram a McLaren e a Williams; a equipe fez apresentações consideráveis.

O modelo foi conduzido por Nelson Piquet (em seu último ano na F1), e por Roberto Moreno . Schumacher substituiu Moreno no Grande Prêmio da Itália em Monza e as últimas 4 provas do campeonato.

O carro tem o designer  John Barnard, Gordon Kimball, Ross Brawn (primeira parceria com Schumacher), Rory Byrne. Obteve 38,5 pts no mundial de construtores, uma vitória (com Piquet no GP do Canadá, a última de sua carreira) e três pódios.

Detalhes do carro:
Construtor: Benetton
Produção: 1991-1992
Antecessor: Benetton B190
Sucessor: Benetton B192
Tipo de Carroçaria: Monoposto de corrida
Motor: Ford HB 3.5 V8 aspirado
Caixa de velocidades: Benetton transverse 6 velocidades manuais
Peso bruto (kg): 505 kg
Designer: John Barnard
Gordon Kimball
Ross Brawn
Rory Byrne
Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 31/08/2010 4:13 PM

    Um dois mais lindos carros da Benneton…. Pena que tinha um briatore por trás…

  2. 31/08/2010 5:12 PM

    A Benneton sempre fez belos caros, o colorido deles sempre me encantou!

    abraço

  3. 31/08/2010 6:26 PM

    Quem sabe? O futuro nos aguarda!

    Também gostei do seu blog. Veremos o que vamos realizar juntos. Já adicionei seu blog na minha lista de links.

    Abraços e obrigado pela visita.

  4. 31/08/2010 10:39 PM

    Realmente, esse carro não conseguiu competir com Williams e McLaren. Brigou com a Ferrari no topo do segundo pelotão, e venceu, inclusive, no GP do Canadá, depois de uma barbeiragem histórica de Mansell que pode ter custado-lhe o título.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: